O Google Analytics é uma importante ferramenta para analisar os dados de sites. Deseja aprender como utilizá-lo? Acesse nosso site!

Quer entender como funciona o novo Google Analytics 4, e também, como configurá-lo? Pode deixar que a gente te explica tudo!

Depois de mais de uma década sendo otimizado, o Google Analytics finalmente se tornou o Google Analytics 4. E, assim sendo, agora ele vem projetado para te dar dados sobre seus usuários em qualquer dispositivo e plataforma.

Google Analytics 4: o que é?

O Google Analytics sempre teve como foco a análise de dados dos visitantes de um site, não conseguindo fazer muitas previsões e deixando de lado dados sobre dispositivos.

Muitas empresas tem como base o Google Analytics para entender como funciona a tomada de decisão de seus usuários.

Mas, com a evolução da conduta das pessoas, as análises não conseguem mais ser tão corretas.

Com isso, para ajudar a sua empresa a conseguir um melhor ROI, o Google Analytics 4 vem com novas funções.

Ele possui um sistema de machine learning, que dá previsões melhores, que podem ajudar os profissionais de marketing.

Dessa forma, ele está melhor integrado com o Google Ads, dando a chance da empresa criar conteúdo mais relevante e que engajem mais com os usuários.

Com a “extinção” dos cookies prevista para 2022, o Analytics 4 vem com funções que fecham possíveis buracos deixados por essa “extinção”.

Algumas das vantagens do GA4 são:

  • Calcular, unir e desduplicar qualquer interação que usuários possuam com a empresa. Ele permite uma noção mais completa sobre a jornada do visitante;
  • Oferece um monitoramento melhor a longo prazo, portanto, respeitando a privacidade dos usuários;
  • Através do machine learning, ele consegue descobrir mais insights.

“Ok, mas por onde eu começo?” A gente te conta!

Como você deve usar o Google Analytics 4:

Sugerimos usar GA4, toda empresa, seja qual for seu tamanho, que esteja interessada em acompanhar a própria evolução. Em seguida, vamos te mostrar alguns passos que você deve seguir.

Pense no futuro: estruture dados históricos, ou seja, que a longo prazo se tornem cada vez mais valiosos para análises e relatórios, envolvendo tendências e insights também.

Estude todas as novas funções da ferramenta, afinal, com um maior saber, mais precisos os relatórios se tornarão. Faça uma análise da jornada do cliente, desde a aquisição, até a retenção.

Análise de recursos avançados

O Google Analytics 4 possui funções incríveis, como:

  • Análise: nela é possível usar várias técnicas que estudam o fluxo do visitante, a retenção, a análise de funil etc.
  • Exportação para BigQuery: com ele, você pode enviar dados do Analytics direto para o BigQuery, integrando-os com mais fontes de dados ainda.

E esses dados são processados como eventos!

“Mas, como assim?”

O Google Analytics 4 tem como base um modelo de eventos, que interpreta os engajamentos dos usuários como eventos autônomos. Dessa forma, esse modelo traz alguns ganhos também, por ele conseguir concluir cálculos mais específicos e agilizados.

A partir disso, é bom entender como funcionam essas interações dos usuários com o seu negócio. Podendo, portanto calcular cliques no site, número de downloads do seu aplicativo, e até mesmo conversões em qualquer plataforma.

Lembrando que, essa técnica que envolve eventos, está sempre mensurando os dados recebidos a partir do engajamento dos usuários nas plataformas.

O Google Analytics 4, agora capta de forma automatizada os engajamentos do seu site. Ele registra cada interação como um evento na base de dados.

Dessa forma, a identificação dos usuários são mais confiáveis, por ser feita através de plataformas e dispositivos diferentes.

Uma pessoa em um escritório enquanto mexe em um notebook e faz anotações.

Quando eu devo definir uma propriedade GA4?

Você deve começar a usar o Google Analytics 4, quando quiser saber mais sobre os dados do seu site. Ou seja, pensando no crescimento do seu negócio, é bom começar agora!

O quanto antes você começar, mais acostumado você se tornará com o mecanismo. Desse modo, será possível montar um banco de dados maior e que permita mais insights no futuro.

O Google Analytics 4 agora é propriedade padrão do Google Analytics. Portanto, sugerimos a você, começar a estudar essa ferramenta o quanto antes possível.

Caso você já faça uso de alguma propriedade Universal Analytics, por certo, seria bom configurar o Google Analytics 4 também. Assim, você pode se atualizar conforme surgem novas funções.

Como configurar as tags do Google Analytics 4?

O sistema de gerenciamento do Google funciona com as propriedades do GA4, que trabalham em conjunto, sendo elas:

  • Google Analytics: configuração do GA4;
  • Google Analytics: evento do GA4.

Vamos falar, primeiro, da tag de configuração do GA4!

Tag de configuração do Google Analytics 4

Essa tag tem a função de analisar condutas, por exemplo, os cookies, envio de eventos e métrica otimizada também. Portanto, você deve lançar essa tag em todas as páginas que você quer reunir dados.

Essa configuração inicia o Google Analytics nas páginas escolhidas. Dessa forma, para fazer uma tag de configuração do Google Analytics 4, siga os passos:

  1. Vá em Tags > Nova;
  2. Clique em Configuração da tag;
  3. Selecione Google Analytics: configuração do GA4;
  4. Inclua seu código de avaliação;
  5. Coloque os parâmetros que você quer em Campos a serem definidos;
  6. Caso você queira, pode adicionar até 25 propriedades personalizadas em Propriedades do usuário;
  7. Utilize a opção Configurações avançadas para te ajudar a definir uma prioridade de disparo ou sequenciamento de tags. Com o intuito de lançar a tag de configuração antes de qualquer outra;
  8. Selecione Acionamento e escolha os eventos favoráveis para a tag;
  9. Agora, é só salvar e publicar.

Assim sendo, se quiser configurar valores de parâmetros para as páginas escolhidas, você pode selecionar a opção Campos a serem definidos.

Tag de evento do Google Analytics 4

Com a tag de evento do Google Analytics 4, é possível encaminhar eventos personalizados para o Analytics, além dos enviados de forma automática. Assim, você consegue reunir dados mais detalhados sobre certas funções.

Para criar uma tag de evento, você só precisa seguir o caminho:

  1. Vá em Tags > Nova;
  2. Clique em Configuração da tag;
  3. Selecione Google Analytics: evento do GA4;
  4. Em Tag de configuração, selecione a tag criada;
  5. Especifique o nome do evento em Nome do evento;
  6. Defina os parâmetros de evento:
    • Vá em Adicionar linha;
    • Defina um Nome de parâmetro;
    • Insira um Valor;
    • Faça isso até que todos os parâmetros sejam adicionados.
  7. Em Propriedades do usuário, insira todas as propriedades do usuário personalizadas que você quiser. Contudo, ele permite configurar até 25;
  8. Dentro de Configurações avançadas, você pode definir uma prioridade de disparo de tags ou sequenciamento de tags com o objetivo de lançar a configuração antes de qualquer tag;
  9. Selecione Acionamento e defina os eventos adequados para sua tag;
  10. Agora, é só salvar e publicar.

Por fim

A mudança para o Google Analytics 4 traz uma grande evolução no universo de ferramentas de análises e relatórios. Por isso, funções como machine learning e outras, estão trazendo um novo meio de obter dados.

Sendo assim, com uma integração entre ferramentas muito mais estáveis, de fato, será possível ter uma maior noção sobre audiências e ciclo dos clientes. Além disso, com configurações de acompanhamento otimizadas, a privacidade do usuário será sempre preservada.

A interface de análise de relatórios está mais simples, porém, ainda permite uma visualização mais detalhada dos dados.

Em conclusão, o futuro das ferramentas do Analytics é cada vez mais rico. Portanto, com o Google Analytics 4, é possível surgir otimizações e novas funções.

Se você não quer ficar para trás, estudar cada vez mais esse mundo tornou-se algo essencial. Nesse sentido, podemos te ajudar com isso!

Nosso blog possui muito mais conteúdos sobre marketing. Para saber mais, é só clicar aqui!

Posts relacionados

marketing-de-conteúdo-para-atrair-leads

Marketing de Conteúdo: o que é e como atrair novos clientes com esse foco

Entenda como o Marketing de Conteúdo pode ajudar a sua empresa a atrair novos...
atraia-mais-leads-com-email-marketing

E-mail Marketing: como trazer leads mais assertivos e qualificados

O E-mail Marketing é, de fato, uma das melhores estratégias realizadas por quem deseja manter contato direto com seus clientes. Além de nutrir seu...
o-que-é-marketing-4.0

O que é o Marketing 4.0 e como ele pode gerar mais fidelização e confiança ao cliente.

O Marketing 4.0 é a nova realidade a ser implementada em nosso dia a dia. Ele veio para tornar mais profundo e assertivo o relacionamento entre empresa e...

Pronto para melhorar seu Marketing Digital? Então,
vamos bater um papo

Fale com um consultor
Vamos bater um papo sobre marketing digital?