Palavras-chave: qual a definição e por que são tão importantes?

Você sabe o que são palavras-chave? E qual a importância delas? Nesse post nós vamos te contar sobre isso e mais um pouco!

As palavras-chave estão presentes no dia a dia de todo mundo que faz pesquisa em sites de busca, como o Google. Elas são aqueles termos que possuem uma ou algumas palavras que resumem o tema da página.

Porém, precisamos lembrar que as palavras-chave hoje em dia são mais importantes ainda, pois, são elas que ajudam a guiar um usuário até certo conteúdo.

Dessa forma, elas também fazem muita diferença quando se trata do SEO de um site. Mas, por que isso? A gente te explica!

O que são palavras-chave?

Podemos dizer que as palavras-chave servem como ferramenta para uma pesquisa. Elas são o que, e como alguém escreve a sua pergunta ou problema em um buscador.

Nós as definimos, como algo próximo a um instrumento de busca, e devem ser usadas como forma de direcionar a criação de sites. Sendo assim, através delas, você estará dizendo a um buscador: “Ei, essa minha página está falando sobre determinado assunto!”

Ou seja, são elas que vão guiar um usuário até determinada página ou site. Apresentando, assim, uma possível solução para tal problema. E não se esqueça, o certo é palavras-chave, e não palavras-chaves.

O mercado, hoje, depende delas. Pois, a partir das palavras-chave, que empresas conseguem traçar um caminho para atrair possíveis clientes.

Agora, vamos entender a sua importância.

Qual a importância das palavras-chave?

Aqui, vamos usar o Google como exemplo. Pois, ele é o buscador mais usado. As palavras-chave vão guiar um usuário até a sua página, então, se elas forem mal utilizadas, o seu site não vai ser encontrado. Por isso, você deve montar planos para usá-las da forma ideal.

A relevância é muito importante para o Google. Pois, através de relatórios de SEO, ele vai saber em que posição deve colocar seu conteúdo. Mas, tome cuidado e tenha sempre em mente que o uso de palavras-chave deve estar relacionado ao seu negócio, não apenas ao SEO.

As pessoas pesquisam algo a todo o momento, e cada pesquisa está levando a algum site através das palavras-chave. Por isso, elas também estão envolvidas na geração de leads do seu site.

Portanto, a partir do momento em que o seu conteúdo entra no ar, ele estará concorrendo com centenas, ou milhares de outros sites. O seu objetivo deve ser conseguir o melhor ranqueamento, e isso só se torna possível com um bom uso das palavras-chave.

Dentro disso, ainda existem as palavras-chave negativas. Você sabe o que são?

Palavras-chave negativas

Palavras-chave negativas existem, mas calma, isso não significa que elas não possam ajudar o seu site também.

São elas que mostram aos buscadores o que não deve estar relacionado à sua página. Ou seja, os termos que não estão ligados ao seu conteúdo. Dessa forma, se você sabe o que o seu público não quer encontrar, pode investir tempo e dinheiro nos pontos certos.

Entender como elas funcionam vai ajudar, e muito, no processo de criação de conteúdo e marketing do seu negócio. Afinal, isso vai fazer com que o seu site atraia possíveis clientes, e não apenas usuários que só entram por alguns instantes e saem.

Sendo assim, conhecer tanto palavras-chave positivas, quanto negativas, vai trazer apenas vantagens para a sua empresa.

Como escolher quais palavras-chave usar?

Decidir as palavras-chave ideais é muito importante, pois, lembrando, são elas que guiam um usuário até seu site. Para serem efetivas, precisam se relacionar ao tema ou conteúdo da página. Por isso, saber quais escolher, vai trazer vantagens para o seu negócio.

Dessa forma, precisamos falar sobre alguns pontos relevantes nessa etapa de decisão. Vamos lá?

Persona

Entender a sua persona, ou cliente ideal, é essencial. Saber o que ela procura e quais problemas tem, vai te ajudar a definir as palavras-chave. Os termos escolhidos precisam envolver-se com o cotidiano do seu público.

É através deles que você será encontrado, então, pense no que esse usuário pode estar procurando, e de que forma também. Se a sua equipe conhecer bem a persona do seu negócio, a chance de criarem um bom planejamento é maior.

5 Dicas para Criar a Persona Perfeita para o Seu Negócio [Fácil e Rápido]

Volume de busca

Existem temas que são mais populares do que outros, e isso pode ocorrer de acordo com tendências do momento. Dessa forma, dentro do seu mercado, também terão assuntos que são mais procurados.

Sendo assim, a sua equipe pode fazer uso de ferramentas que mostram o volume de busca de palavras-chave. Por exemplo, o Google Keyword Planner e o SEMrush.

Então, faça uma pesquisa para entender o quão procurado é determinado tópico.

Dificuldade de ranqueamento

Outro ponto importante dentro do SEO do seu site é a dificuldade de ranqueamento de uma palavra-chave. Portanto, esse ponto está relacionado ao volume de busca também. Pois, um termo muito pesquisado, também é concorrido demais.

Pense no seu tema, e a partir dele, opte por um equilíbrio entre o volume de busca e a dificuldade de ranqueamento. Lembrando que, se uma palavra-chave for fácil de ranquear, mas não possui busca, veja se vale a pena fazer uso dela.

Intenção de compra

De nada adianta você correr atrás disso tudo, e no final não conseguir conversões, certo? Por isso, deve-se investir em palavras-chave que tragam esse retorno.

Usar termos que puxem bastante tráfego, mas não convertam, não é bom, já que eles não conseguirão nutrir o seu negócio. Portanto, utilizar palavras que, mesmo trazendo pouca visita, tenham uma conversão alta, será muito mais eficiente.

Head Tail e Long Tail

Podemos dividir as palavras-chave em duas categorias, Head Tail ou Cauda Curta, e Long Tail ou Cauda Longa. Vamos entender qual a diferença entre elas.

  • Head Tail (Cauda Curta): Essa palavra-chave tem o intuito de resumir de forma geral, todo um tema ou conteúdo. Porém, por serem mais comuns, o volume de busca por elas é mais alto, o que pode dificultar o ranqueamento. Por exemplo, a palavra-chave “TV”, vai abranger todo o conteúdo relacionado à TV.
  • Long Tail (Cauda Longa): Quase o oposto da Head Tail, esse termo, geralmente, possui mais palavras. E o objetivo dele é deixar o usuário ser mais específico na sua busca, para encontrar um assunto em especial. Por exemplo, as palavras-chave “TV plasma 32 polegadas”, quando alguém está procurando algo exato.

Entender como funciona cada uma delas, pode trazer vantagens para o seu negócio em relação à concorrência. Com elas, a sua equipe vai saber como conseguir um melhor ranqueamento para sua página.

É importante lembrar:

Você precisa prestar atenção na relevância de certas palavras-chave para o seu conteúdo, afinal, não adianta pegar uma palavra boa, mas que não está relacionada ao seu conteúdo.

Estude qual tipo de palavra usar, Head Tail ou Long Tail de acordo com o material, pensando sempre no ranqueamento dela. Considere que, termos específicos demais podem ser mais difíceis de trazer tráfego.

Fique de olho nas tendências, e se atualize sobre assuntos do momento, para não acabar utilizando uma palavra-chave fraca em determinado período.

Curtiu o conteúdo desse post? Fique ligado no nosso site, lá tem muito mais!

Posts relacionados

marketing-de-conteúdo-para-atrair-leads

Marketing de Conteúdo: o que é e como atrair novos clientes com esse foco

Entenda como o Marketing de Conteúdo pode ajudar a sua empresa a atrair novos...
atraia-mais-leads-com-email-marketing

E-mail Marketing: como trazer leads mais assertivos e qualificados

O E-mail Marketing é, de fato, uma das melhores estratégias realizadas por quem deseja manter contato direto com seus clientes. Além de nutrir seu...
o-que-é-marketing-4.0

O que é o Marketing 4.0 e como ele pode gerar mais fidelização e confiança ao cliente.

O Marketing 4.0 é a nova realidade a ser implementada em nosso dia a dia. Ele veio para tornar mais profundo e assertivo o relacionamento entre empresa e...

Pronto para melhorar seu Marketing Digital? Então,
vamos bater um papo

Fale com um consultor
Vamos bater um papo sobre marketing digital?